Fundação Cidade das Artes

Programação » 23º Rio International Cello Encounter

Evento Encerrado

23º Rio International Cello Encounter



Rio International Cello Encounter

Rio Cello, maior festival de música do país, acontece de 11 a 13 de agosto de 2017 - Na Cidade das Artes 

Na primeira quinzena de agosto, Rio de Janeiro se tornará, pela vigésima terceira vez, a capital mundial da música. A cidade recebe o 23º Rio Cello International Cello Encounter, o Rio Cello, festival internacional que há mais de duas décadas promove concertos de expoentes nacionais e internacionais da música, dança e artes visuais. Idealizado e capitaneado pelo violoncelista inglês David Chew, desde a sua primeira edição, em 1994, o Rio Cello traz em sua programação, além de concertos, espetáculos de dança, exposições de arte, masterclasses e workshops. Tudo inteiramente gratuito. O sonho de Chew, radicado e apaixonado pelo Brasil há 35 anos, é popularizar a música clássica, além é claro, de homenagear o maestro Villa-Lobos, sua maior inspiração. “Nossa intenção é levar o poder de transformação social da música a espaços públicos e comunidades. No início, era um encontro de violoncelistas, mas o projeto cresceu e hoje recebe diversos instrumentos e múltiplas linguagens artísticas. Desta forma o festival alcança seu principal objetivo que é incluir a música na vida diária de todas as pessoas”, declara o músico.

Teatros, centros culturais, igrejas, museus e parques são os palcos preferencias do Rio Cello. Em 23 anos o festival bateu todos os recordes de público em eventos de música clássica no Brasil. Os números são impressionantes: 550 mil espectadores, 12 mil músicos, 900 concertos, 650 horas de workshops e masterclasses. Ao longo de sua extensa trajetória o Rio Cello consolidou-se como uma grande plataforma multicultural no qual música, dança, poesia, artes plásticas e cinema que integram um evento de grande sofisticação artística e responsabilidade social. Este ano o festival vai homenagear os 130 anos de Heitor Villa Lobos, 120 anos de Pixinguinha, os 115 anos de Bidu Sayão e os 90 anos de Tom Jobim. Entre as principais atrações estão: Armen Ksajikian, Abigail Stauffer, Angelica de la Riva, Dave Haughey, Jaime Alem, Haroutune Bedelian, Mauro Senise, Michael Volhardt, Mateus Ceccato e a Orquetra Jovem de Câmara do Equador, dirigida pelo maestro e violoncelista Diego Carneiro. Também acontecerá pela primeira vez o encontro dos dois quartetos dos quais David Chew participa os London Music Club Piano – formado em Londres nos anos 1970 e o Lindarte do Rio de Janeiro. O Cello Dance em 11ª edição terá apresentação na Cidade das Artes e o artista Airá Ocrespo será o convidado do 6º Cello Tinta. Acontecerá, ainda, o lançamento do DVD Chew Faces e a palestra sobre viola de gamba, instrumento do século XV, análogo ao violoncelo.

 

 


11 de agosto, sexta-feira

 

10h – Cidade das Artes – Foyer

Cello Tinta com Airá Ocrespo

Oficina de artes visuais para crianças de comunidades  

 

12h – Cidade das Artes – Teatro de Câmara

Homenagem aos 120 anos de Pixinguinha

Antonio Rocha – Flauta

Dave Haughey – Violoncelo

Jorge Filho – Cavaquinho

Mateus Ceccato – Violoncelo

Toni Azeredo – Violão de sete cordas

 

14h – Cidade das Artes – Teatro de Câmara

Angélica de la Riva – Soprano

Armen Ksajikian – Violoncelo

Diego Carneiro Maestro – Regência e violoncelo

Mauro Senise – Saxofone

Orquestra Jovem de Câmara do Equador

 

21h – Cidade das Artes – Teatro de Câmara

Homenagem a Dr. Carlos Bessa  - Lançamento DVD Chew|Faces

Blas Rivera – Piano e Saxofone

Cristina Braga – Harpa

David Chew – Violoncelo

Felipe Prazeres – Violino

Martin Lima – Bandoneon

Michele Barsand – soprano

Cello Dance – Balilarinos: Cecília Gonzales e André Carvalho

 

 

 

Data: 12 de agosto, sábado

 

DIA NACIONAL DA ARTE | CELLO MIX | UM DIA INTEIRO NA  CIDADE DAS ARTES

Concertos |Foodtrucks | Exposição Cello Parade | Exposição fotos | Oficina de pintura

 

12h – Cidade das Artes – Teatro de Câmara

Cello Comunidade

Michael Vollhardt – Violoncelo

Orquestra Sinfônica Jovem do Rio de Janeiro

 

14h – Cidade das Artes – Teatro de Câmara

Cello Pop

Abigail Stauffer – Voz e violão

Armen Ksajikian – Violoncelo

Dave Haughey – Violoncelo

Mateus Ceccato – Violoncelo

Michael Vollhardt – Violoncelo

 

17h – Cidade das Artes – Teatro de Câmara

Angélica de la Riva – Soprano

Armen Ksajikian – Violoncelo

Dave Haughey  – Violoncelo

Diego Carneiro – Regência

Mauro Senise – Saxofone

Orquestra Jovem de Câmara do Equador  

 

17h – Cidade das Artes – Teatro de Câmara

Banda de gaitas de fole escocesas Brazilian Piper

José Paulo Pereira Filho – Mestre de Naipe

 

 

20h – Cidade das Artes – Teatro de Câmara

Homenagem aos 90  anos de Tom Jobim

Jaime Alem – Violão

Orquestra de Solistas de Rio de Janeiro

Rafael de Barros – Regência

 

 

 

13 de agosto, domingo

 

12h – Cidade das Artes – Teatro de Câmara

Angélica de la Riva – Soprano

Haroutune Bedelian – Violino

Michael Vollhardt – Violoncelo

Orquestra Jovem de Cordas de Volta Redonda – Regência Sarah Higino

Russell Guyver- Viola

 

 14h – Cidade das Artes – Teatro de Câmara

Armen Ksajikian – Violoncelo

Angélica de la Riva – Soprano

Mauro Senise – saxofone

Orquestra Jovem de Câmara do Equador  - Diego Carneiro - Regência

 

 16h – Cidade das Artes – Sala Eletroacústica

Palestra “Viola da Gamba” com Kristina Augustin

 

 

17h – Cidade das Artes – Teatro de Câmara

Encontro de quartetos de piano

London Music Club Piano Quartet

David Chew – Violoncelo

Haroutune Bedelian – Violoncelo

Lorna Griffitt – Piano

Russell Guyver – Viola 

 

Lindarte Piano Quarteto

Bernardo Fantini - Viola

David Chew – Violoncelo

Linda Bustani - Piano

Michael Besler - Violoncelo

 

 

20h – Cidade das Artes – Teatro de Câmara

Cello Rock

Victor Biglione e banda

David Chew – Violoncelo

Fernando Bru – Violoncelo

Cello Ensemble de Barra Mansa  

Festival

Informações Gerais

Datas

11/08 a 13/08

Horários

Sexta - 10h às 21h 

Sábado - 12h às 20h

Domingo - 12h às 20h 

Local

Cidade das Artes

Sala

Classificação Etária

Livre

Demais Eventos da Programação

Comida, Diversão e Arte 25/04 a 20/12 Outros A CIDADE DAS ARTES tem prazer em apresentar o seu novo projeto, COMIDA, DIVERSÃO E ARTE. Terça-feira é o dia de falarmos sobre GASTRONOMIA, quarta é pra se DIVERTIR dançando e sábado é o dia das ARTES. A cada semana teremos diferentes atrações como oficinas, bate-papos, aulas de dança, exibições de filmes e muito mais. E o melhor, as atividades são sempre gratuitas! O projeto é direcionado para adultos com energia de sobra para aprender e trocar saberes, sabores e muitas experiências.   Confira a programação:       Toda Quarta-Feira | 16h | Aula de dança de salão com o professor Everson Costa.              DIA 28 | 16H | Aula de gastronomia | Prato do dia - Salada de Espaguete de Abobrinha e Palmito Pupunha | Convidada - Renata Monteiro Convidamos a Chef Renata Monteiro, do restaurante Gula Gula, para nos ensinar a preparar uma maravilhosa salada de espaguete de abobrinha e palmito pupunha com salmão defumado, bolinha de cream cheese e farofinha crocante.  Só com essa descrição já deu água na boca, né? Então não perca, esperamos você pra aprender e degustar essa delícia.    Renata Monteiro: uma cozinheira gaúcha com alma carioca Chef operacional do Gula Gula é a responsável por garantir a qualidade e o padrão das receitas da rede de restaurantes que está há mais de 33 anos no mercado. A chef Renata Monteiro pegou o gosto pela comida acompanhando os seus avós na cozinha. Nascida em Uruguaiana, Rio Grande do Sul, trocou a faculdade de Publicidade, já no 7º período, pela Escola de Chefs de Porto Alegre para viver seu sonho de ser cozinheira. Sua paixão pela praia fez com que ela aportasse em Florianópolis onde trabalhou com o Chef Elton Costa, da Cantina Sangiovese. Só que a proximidade com o mar não bastava, era preciso estar perto do Cristo. Em 2012, Renata mudou-se para o Rio de Janeiro onde foi contratada pelo Gula Gula e onde ocupa a posição de Chef Operacional, garantindo a qualidade e padrão dos restaurantes da rede. Além de atuar como braço direito nas criações da Chef Nanda de Lamare. A chef une criatividade e experiência com operação – adquirida em um estágio na Disney ainda enquanto cursava Publicidade – para encarar os desafios que surgem e é o clima acalorado da cozinha o seu maior motor do dia-a-dia.   ​LOCAL: Café das Artes             DIA 02 | 10H |  Tema - Como se Maquiar para as Festas de Final de ano | Cconvidada - Mica Blyth    Convidamos Mica Blyth para nos ensinar truques de maquiagem para o Natal e Réveillon. Mica tem como verdadeiro propósito, ajudar e inspirar mulheres através da beleza, compartilhando conhecimento e aprendizado. Apaixonada por esse mercado, é designer de moda, maquiadora profissional, hair stylist e beauty & life coach. Hoje trabalha principalmente com noivas, produção de ensaios fotográficos, ministra cursos de auto maquiagem e trabalha com maquiagem das artistas do programa Dancing Brasil apresentado por Xuxa Meneghel. Além disso, Mica hoje é sócia do @VivaNaoPira no Instagram, um projeto lindo no qual trata os assuntos como depressão e síndrome do pânico abertamente.   LOCAL: Sala de ensaio 3             DIA 05 | 16H | Aula de Gastronomia |  Prato do Dia - Bolo Natalino | Convidado - Fabiano Cupello Osorio (Cake Designer)   O Natal está chegando e todo mundo quer fazer bonito na ceia, não é mesmo? Pensando nisso convidamos o Fabiano Cupello para nos ensinar a personalizar um bolo e deixá-lo bem natalino, surpreendendo a todos tanto no sabor quanto no visual. Fabiano Cupello Osorio é administrador por formação e confeiteiro por paixão, entrou no ramo de confeitaria em novembro de 2014 e assim surgiu a Cocake, uma empresa voltada para bolos personalizados, como chás de bebes, chás de panela, casamentos, festas infantis e muito mais​.     LOCAL: Café das Artes  [+] saiba mais Pura Vida Training - By Nike Rio | Esporte 19/06 a 01/06 Esporte Em 19 de junho, o Pura Vida Training  deu início aos seus treinos fixos na Cidade das Artes.  No plano mensal o aluno pode treinar quatro vezes por semana e ainda desfrutar do clube de vantagens do Pura Vida.    As aulas misturam Bodyweight, técnicas de Crossfit, de corrida e um trabalho de conscientização mental. Assim surgiu o Pura Vida Training, que vai desenvolver o ser humano de forma lúdica, interativa e com ação eficaz!   De Segunda a Quinta  Manhã 7h às 8h Noite 19h30 às 20h30 Garanta já a sua vaga, clique aqui.   [+] saiba mais Túnel | Tomás Ribas 06/08 a 31/12 Artes Visuais Venha conhecer a Obra "Túnel - 2013" de Tomás Ribas. Esse trabalho foi feito inicialmente para a Galeria Maria de Lourdes Mendes de Almeida. Tomás Ribas,  artista e iluminador, utiliza a luz como matéria de trabalho criando instalações que exploram a percepção do mundo através da visão. Participou de exposições no Brasil, França, Holanda, Suécia, República Tcheca e Coréia do Sul. Como iluminador ganhou alguns dos principais prêmios do teatro Brasileiro como o Prêmio Shell, o Prêmio Cesgranrio e o Prêmio Questão de Crítica.  Obra Permanente   Informações : 33250448 [+] saiba mais Marc Kraus | Genesis – Trabalho em Progresso 28/10 a 17/12 Artes Visuais Exposição Genesis: Genesis é uma instalação multimídia, que busca criar um ambiente artificial, criando um "Paraíso Perdido” a partir das percepções e ideias gerados durante o processo, onde o público é convidado a participar efetivo na construção e elaboração do trabalho.  A partir do Genesis histórico-religioso-cientifico, o artista busca reproduzir  os passos do ”Criador” usando da metáfora dos 7 dias da criação do universo, e construído a partir do nada uma instalação de arte em 7 sábados. O espaço para visitação estará aberto todo sábado e domingo. Para aqueles que quiserem participar do processo de criação, agende sua participação.   Interessados em participar do processo, entrar em contato pelo e-mail saladeleitura.fca@gmail.com           Marc Kraus Marc Kraus já expôs em diversas mostras, veja algumas:   “Rio Acido” e “Rio Vermelho” 2013, video instalação - expo coletiva Em Obras, curadoria Franz Manata   “Artrópodes”  2014, acrílica sobre carpete e luz negra -  expo coletiva Curto Circuito   “Noturnos” 2014, site expecific, luz negra, tinta acrílica sobre tela – expo individual Galeria Café   “Dia de folga” 2014, “Naner” 2014 video instalação - Mostras Meios Multiplos EAV Parque Lage   ”Souvenir” 2015 e “Souvenir Ciranda” 2015, video instalação - Mostra de videoarte Castelinho do Flamengo - curadoria Analu Cunha   “Narciso” 2015, instalação (laser e globo de espelhos) - Expo Emergências Solas dos Abacaxis, curadoria Bernardo Mosquera   “Gira Laser” - 2016/17, instalação (laser, espelhos e cristais) - artista residente no Solar dos Abacaxis, curadoria Bernardo Mosquera e Ulisses Carrilho   “Gira Laser” - 2017, instalação (laser, espelhos e cristais) - Clube Jacarandá - Cidade das Artes, RJ      Através da aplicação de uma linguagem poética e muitas vezes metafórica, apresento situações e ficções em vídeos, fotografias, pinturas, performance, instalações ou qualquer outro suporte, onde são percebidas categoriassutilmente invertidas e modificadas, onde diferentes funções e/ou contextos precisam ser criados ou transformados.   Ao explorar o conceito de cor, luz e forma de maneira nostálgica, investiga    a dinâmica proposta e sua influencia na emoção do expectador, incluindo o resultante da manipulação de seus efeitos e os limites do espetáculo com base em nossas suposições sobre o que significa para nós natural ou cotidiano. Ao invés de apresentar uma realidade factual, uma ilusão é fabricada para evocar os reinos de nossa imaginação criando situações lisérgicas, magicas e muitas vezes hipnotizantes e meditativas.   Uso um vocabulário visual que incorpora luz, cor, bem como sua ação no espaço - num universo ficcional e experiencial que emerge pouco a pouco aos olhos do espectador. Algumas vezes aparecem como imagens oníricas em que ficção e realidade se encontram e se fundem, significados mudam, algo se transforma, mostrando como a vida se estende para além de seus próprios limites subjetivos. CRian   O artista busca uma ligação entre a realidade e o imaginado, concentrando em questões concretas ou não, que determinam a experiência perante a obra. Criando situações em que imagens são alteradas ou separadas de sua função natural, com a intenção direta de transbordamento, transformação e encantamento.    Ao demonstrar o persistente e onipresente uso da luz, cor e forma em meu trabalho, busco amplificar o espanto do espectador, criando composições ou configurações que geram imagens poéticas, e que deixam vestígios e contrapesos na beira do reconhecimento da situação proposta, seja ela natural ou não.   [+] saiba mais 1 Pedro e o Lobo 09/12 a 17/12 Dança Pedro e o Lobo  Baseado em um antigo conto russo, ambientado numa pequena aldeia de judeus, sob o peso do Czar Russo e do perigo iminente de serem expulsos de seu vilarejo, havia um menino valente chamado Kefa (Pedro) que tenta salvar seus amigos bichos das garras de um lobo na floresta. O compositor designou uma personalidade sonora para cada personagem ao criar a obra, em 1936. A obra foi escrita originalmente para uma orquestra sinfônica e, neste espetáculo, será executada numa versão reduzida para cinco músicos e sete atores bailarinos, ela apresenta às crianças os instrumentos musicais da orquestra. Cada personagem é representado por um instrumento e um ator bailarino diferente. Venha viajar nesta aventura retratada no ballet Pedro e o Lobo, de Prokofiev, com coreografia de Caio Armstrong, execução musical da Banda Filarmônica do Rio de Janeiro, sob regência de Antônio Seixas, adaptação e direção de Ariel Cohen.   [+] saiba mais Falando Frangamente 13/01 a 04/02 Teatro FALANDO FRANGAMENTE De Aloisio de Abreu   FALANDO FRANGAMENTE é um espetáculo solo de Aloisio de Abreu, onde o ator/autor serve “de bandeja” várias pequenas cenas e faz uma espécie de ato variado com sabores diversos. Uma espécie de buffet de humor quilo. O formato é dinâmico: o ator, como uma espécie de “garçom cênico”, sugere os “pratos” – na verdade, os assuntos que serão desenvolvidos na cena – e o público vai escolhendo: tem Sexo, Língua Portuguesa, Televisão, Cirurgia Plástica, Dança, entre outros acepipes cênicos e piadas gourmet. Em FALANDO FRANGAMENTE tudo é muito informal, irreverente e em clima de bate-papo em casa com amigos. O cenário é um quadro negro como um menu de restaurante e o figurino é básico. No elenco, Aloisio de Abreu, que também assina o “menu” de textos. Em cena, junto com o ator, está o DJ LC Ambient, que, com seu som dançante e contemporâneo, dá um sabor a mais à cena com vinhetas divertidas e música non stop. Abreu e LC interagem quase que o tempo todo. FALANDO FRANGAMENTE é teatro, é performance, é festa, show, drama e celebração.    Ficha Técnica: Concepção, textos e músicas - Aloisio de Abreu Participação Especial - LC Ambient Cenário - Beli Araújo Figurino - Allinges Tibau Direção Musical - André Poyart Dinâmica Corporal - Nadia Nardini e Tony Nardini Design Gráfico - Fernando Gonçalves e Bruno Lamas Produção - Joana Motta Direção - Ricardo Kosovski       [+] saiba mais